domingo, setembro 24, 2017

.

Manhãs com cheiro a café quente. A gata no tapete a espreguiçar-se e a apanhar banhos de sol.
Preparar a lista das compras com calma, ir ao mercado e fazer um bolo com cheiro a Outono.
O prazer das coisas simples.

terça-feira, setembro 19, 2017

Frustração

Quem me conhece sabe que eu não me irrito facilmente.
Inclusivamente um dos meus colegas de trabalho há uns tempos disse-me, a rir, "stressada? você? é a pessoa mais calma que eu conheço!"

Mas se há coisa que me tira do sério são pessoas que não assumem as suas responsabilidades e empurram com a barriga os problemas. Para mais tarde, para os outros, para os mais novos. Alguém há de resolver. Fico doida com isto. E ainda mais fico doida por não poder responder à altura. E por ter de ouvir dos terceiros as consequências desses atos, como se EU fosse responsável. EU, que nunca concordei com o que as chefias decidiram. E ouço. Pelas hierarquias, porque sou mais nova, porque tenho é de comer e calar.
Aconteceu-me com dois superiores no meu trabalho, e hoje aconteceu-me no mecânico. Empurrar os problemas para mais tarde. Não resolver nada. Fazer os outros perder tempo. Fico pior que estragada.
Nem consigo pensar com isto tudo, estraga-me o dia.

AARGH!

(porque é que eu não me dediquei à pesca do camarão na Indonésia?...)



foto: http://comiques.tumblr.com/

sexta-feira, agosto 11, 2017

Postcards from Italy

E o Vesúvio ali tão perto...

domingo, agosto 06, 2017

A melhor terapia

É aproveitar o tempo com quem nos quer bem
Guardar tempo para cuidar dos nossos

No fundo, é tudo o que importa

quarta-feira, julho 19, 2017




Modo quase de férias novamente.
Indefinição sobre o que vou fazer nos próximos dias. Irresponsabilidade. Sem horários. Dias com horas enormes. Férias.

Em contagem decrescente


terça-feira, julho 11, 2017


Estou aqui na biblioteca a ler artigos e dissertações sobre fórmulas matemáticas, compêndios de fisiologia, e o diabo a sete. Quase em desespero, levanto os olhos e reparo no que se passa em frente à minha janela (viver na província tem destas coisas):
um senhor de idade sai de casa e observa o seu quintal e a sua extensa plantação de couves, assim como os cavalos que pastam calmamente à sua porta. Ouve-se o silêncio.
Eu sei que isto é feio, mas eu confesso:

Tive inveja dele

domingo, junho 11, 2017

Próximo destino...





Aqui a que vos escreve vai esta semana para Itália, apresentar um trabalho num congresso.
Diz que vão estar 30ºC ! !
Por um lado é bom mudar de ares e é óptimo ter estas oportunidades, mas por outro só queria ficar um dia que fosse em casa, a organizar a minha vida.

Auguratemi buona fortuna!



quinta-feira, junho 08, 2017

terça-feira, maio 23, 2017

.





Quando ele nos diz: "Pronto, agora já podes ir ao quarto de banho tirar a maquilhagem, se quiseres"

E nós respondemos, com um sorriso:
"...Mas eu nem estou maquilhada..."


domingo, maio 07, 2017

Felicidade é...


Uma estrada aberta e alguém para a partilhar