quinta-feira, dezembro 30, 2010

olha que boa ideia




Para quem, como eu, costuma perder o telemóvel em qualquer lugar.
Resta saber se funciona.

I can't find my phone

segunda-feira, dezembro 27, 2010

terça-feira, dezembro 21, 2010



Alguém me explica como é que isto é radical?
Eles vestem-se todos desportivos, fazem aquela cara de quem está muito concentrado numa tarefa que exige muitos "skills", são muita maus e "dreads" e coiso... para brincar com carrinhos.

Tipo...
A sério?

segunda-feira, dezembro 20, 2010



Dava tanto jeito que voltasse a ser Primavera.
Talvez assim viesse também a vontade de sair de casa, e abrir mais uns dossiers
para estudar...

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Calamita Cosmica

Calamita Cosmica

Ora aqui está algo que deve ser espectacular de se ver.

quarta-feira, dezembro 15, 2010

Porque na aula de Neurologia se falou do síndrome de locked-in, a propósito de uma doente da enfermaria, fica aqui um filme do qual gostei muito que retrata essa situação.


http://www.spike.com/video/diving-bell/2908486
Ontem fui ao sapateiro do hospital arranjar um salto que se partiu.
Sim, porque os hospitais da Universidade de Coimbra têm um sapateiro PARTICULAR, escondido no piso -4.

Take THAT!

domingo, dezembro 12, 2010

Estou aqui num dilema para escolher a nova música do despertador.
Escolho esta:



Ou esta:



E tendo em conta que eu costumo acordar com músicas tipo Kings of Convenience ou uma pessoa a espirrar no quarto ao lado?

sexta-feira, dezembro 10, 2010

Duas coisas:

1º onde param os bonbons Baci com aquelas frases lá dentro?



2º o que é que o Rufus andava a tomar quando compôs estas coisas?






quarta-feira, dezembro 08, 2010

Tenho mesmo de melhorar a minha dança da vitória, bolas.


The Greatest Victory Dance Ever!?!?!!?
Enviado por gettingspotted. - Explore mais vídeos de esporte e esporte radical.

domingo, dezembro 05, 2010


Some call it fireplace.
I call it happiness.

quinta-feira, dezembro 02, 2010



Long live to the PDF- format books!
(e a quantidade de dinheiro que já me fizeram poupar)

É que isto de ter de comprar livros de estudo que quando me formar estão completamente desactualizados não dá com nada.


(A imagem é a minha cara neste momento.
Também é a primeira imagem que me apareceu)

domingo, novembro 28, 2010


É uma espécie de dessaranjo da alma...

http://www.youtube.com/watch?v=Km9OORCdNkY


foto: http://of-moons-birds-and-monsters.tumblr.com

Lego

Quero escrever alguma coisa construtiva neste blog:

Tentativa 1: humm...aaaagh!.....aaaah!.....uff!,
Não, não sai nada.



(vou ouvir mais um bocadinho de Sassetti mas é)

sexta-feira, novembro 26, 2010

Estado do tempo



Passou por mim na rua uma bolinha anti-stress gigante verde-água.
Olhei mais de perto para perceber a que propósito ali estava e apercebi-me que estava uma pessoa a dar-lhe a mão.

Sim, era um miúdo.

quinta-feira, novembro 18, 2010

(André Villas-Boas, treinador do FCP)


Acho-lhe piada, pronto.

terça-feira, novembro 16, 2010

Lição de vida



"Nothing's impossible I have found
For when my chin is on the ground
I pick myself up, dust myself off
And start all over again."


Já repararam na capacidade que o nosso cérebro tem de resgatar do nosso subconsciente memórias de imagens, cheiros, sons a partir de um estímulo quase imperceptível do mundo exterior e em como essas memórias internas que sempre lá estiveram mas só agora saíram do casulo ou foram processadas devidamente nos modifica o estado de espírito?

Estamos a andar na rua e de repente estamos no primeiro dia de aulas, agarrados às pernas da nossa mãe, envolvidos no perfume dela, e no cheiro da sala, o tamanho das cadeiras, tão pequenas e frágeis, os pacotes de leite distribuídos pela escola e a aquecer em frente ao radiador, e as mãos tão frias que nem obedecem à ordem para escrever.

De repente, o vestiário antes da actuação de ballet, aquela cara, aquele sentimento de tristeza/revolta que nos lembramos tão bem de ter mas não sabemos bem devido a quê ou quem.
.....

Não acham espectacular?
Eu acho espectacular.

terça-feira, novembro 09, 2010

Hoje descobri que gosto da Rádio Cantanhede.
Simultaneamente apercebi-me também que já tinha mesmo muitas saudades de ouvir rádio.

e o bichinho da rádio abriu um olho, pronto a sair da hibernação

quarta-feira, novembro 03, 2010

NDM2010 Anúncio Manifesto from Diogo Medina on Vimeo.



deste blog

Embora não perceba grande parte das referências, uma vez que é sobre a Faculdade de Medicina de Lisboa, consigo entender e estar solidária com a ideia em geral.

Ai bolas, o tempo passa tão rápido.

terça-feira, novembro 02, 2010

Ontem, em viagem no interregional da CP, deparei-me com uma publicidade do INATEL, que me fixava ameaçadora da parede em frente ao meu lugar, e dizia mais ou menos isto:

"Portugal é dos países em que se fica acordado até mais tarde.
A questão é:
A FAZER O QUÊ?

Tem mais tempo livre do que pensa,
vá ao teatro" (ou qualquer coisa assim a incentivar à cultura)

E isto deu-me que pensar.

Porque se nos outros países europeus uma pessoa normal consegue sair do trabalho e ir ao pub ter com amigos ou dar uma corrida, chegar a casa, tratar da casa, adiantar trabalho, e ainda poder sair para ver uma peça, um concerto, ou ir ao cinema, e depois disto tudo deitar-se cedinho, que raio é que nós andamos a fazer que não nos permite aproveitar o tempo tão bem como eles?

sexta-feira, outubro 29, 2010

tweet tweet!

Eliza Doolittle "Pack Up" from Logan Hefflefinger on Vimeo.



Isto não me sai da cabeça!

sábado, outubro 23, 2010

It's complicated

Como é que se explica a um estrangeiro que na Língua Portuguesa se dá o mesmo nome a uma pessoa que corre a meia maratona e à zona onde estão os iogurtes nos supermercados?

Ena! Ena!

Recebi uma carta da paróquia, para pagar a côngrua para as novas obras do centro paroquial,
no valor do meu rendimento mensal.
Gosto principalmente da forma como eles são específicos.

terça-feira, outubro 19, 2010

Dá-me gás!

Mal tenha gás novamente tenciono desaparecer dentro de uma banheira a borbulhar de água quente durante uma hora.
Vá, sejamos mais realistas, meia hora.


Ou 15 min.

quinta-feira, outubro 14, 2010

Hoje deu-me saudades de ver isto



Max:
"When I was young, I invented an invisible friend called Mr Ravioli.
My psychiatrist says I don't need him anymore, so he just sits in the corner and reads."-

sábado, outubro 09, 2010


Não sei quanto a vocês, mas na minha terra o aviso laranja não passou de um amarelo-canarinho.

quarta-feira, outubro 06, 2010

Soube hoje que a maioria dos toxicodependentes tem medo de vacinas.

Ele há coisas do catano.

quinta-feira, setembro 30, 2010

Eu sei que não tenho andado muito por cá, mas estes dias já deu para perceber que o serviço de Hematologia é um bocado mórbido, e que esta coisa de estar vivo é uma questão de sorte.

Sobre este fim-de-semana

Ele- adora U2.
Eu- odeio multidões.

Vamos lá a ver como é que isto corre.

quinta-feira, setembro 23, 2010

Como é que eu sei que a Ju já não mora cá em casa?
Quando se põe uma máquina de roupa a secar todas as meias vêm com o respectivo par.

sexta-feira, setembro 17, 2010

O que me apetecia mesmo era um fim-de-semana disto.

Sim, já estou a ficar cansada disto de voltar a acordar as 7h e 8h da manhã.



foto:http://fleursetcigarrettes.tumblr.com

quinta-feira, setembro 16, 2010

Coisas giras

Pessoas que dizem cronicamente "caratísticas" em vez de "características".

domingo, setembro 12, 2010


A queimar os últimos cartuchos do Verão.
Para o ano cheira-me que vai haver mais Feiras Novas.

quarta-feira, setembro 08, 2010


Ai, bolas, está genial.

terça-feira, setembro 07, 2010

sexta-feira, setembro 03, 2010

Porque férias é mesmo assim, tenho aproveitado para seguir a série "Modern Family", que já agora aconselho. E parece que já ganhou um Emmy, juntamente com a série "Mad Men".

quinta-feira, setembro 02, 2010



Há cerca de um ano atrás estava no aeroporto de Beauvais, a evacuar o aeroporto na zona das partidas, juntamente com os outros passageiros, por causa de uma mala de viagem não identificada.

Que saudades, pá!

terça-feira, agosto 31, 2010

A única coisa mais triste do que não perceber nada de computadores é ter ataques de riso quando os rapazes da assistência informática da loja nos estão a explicar tudo com termos que não percebemos.

Pois é.
Ao menos contribuo para a felicidade de alguém.

sábado, agosto 28, 2010

Sad but true


Katy Perry - Teenage Dream
Enviado por EMI_Music. - Ver os últimos vídeos de musica em destaque

Tenho esta música na cabeça desde que acordei.

terça-feira, agosto 24, 2010


Adenda: para quem não sabe, o Neil Patrick Harris (parte do elenco da série How I met your mother) é gay.

segunda-feira, agosto 23, 2010


E os dias, que têm andado com tão pouco sol, han?

quarta-feira, agosto 18, 2010

Grupo indiscriminado de palavras + ukulele (ou lá como raio se escreve)= música sensação do Verão

Teoria suportada por:
Jason Mraz
Travie McCoy
Rosie and Me

terça-feira, agosto 17, 2010

É incrível como há coisas que não mudam

"A meio do ano já Bernardo tinha dado todas as faltas permitidas, e via-se obrigado a ir às aulas.
O despertador à cabeceira da cama, todas as manhãs o acordava às nove horas, debaixo de uma tempestade sonora.

Sentia-se fatigado e melancólico daquela sensação de tempo perdido que lhe davam as aulas. Considerava-as mais do que inúteis, prejudiciais. Os professores repetiam de uns anos para outros o que vinha já nas sebentas. Em verdade os alunos iam lá só porque eram obrigados, mas não os ouviam e nem mesmo os ursos iam com o interesse de quem vai aprender alguma coisa.

Fingiam, sentados nas carteiras, habituando-se a usar uma máscara de conveniência.
Talvez fosse essa a utilidade que dali traziam para a vida: aprender a afivelar a máscara.
Conversavam uns com os outros o mais discretamente que podiam ou olhavam a cara do professor, abstractos, a pensar noutra coisa, ouvindo confusamente umas palavras mortas e vazias, como uma espécie de penalidade a cumprir. A saída era a libertação dos presos da cadeia."

Porta de Minerva, Branquinho da Fonseca

Ano de edição: 1978

sábado, agosto 14, 2010

3 tipos de homens:

- aquele que se senta na esplanada a ler a revista cujo tema é, em letras garrafais, "VICIADOS EM SEXO" e olha para as raparigas em volta com olhar insidioso a ver se alguém repara;

- aquele de cuecas de banho coloridas que percorre o areal da praia à procura de uma rapariga sozinha deitada na praia, para depois se sentar nas proximidades enquanto lança olhares.. bem, esquisitos...

- aquele que está na fila do aeroporto com o seu saquinho transparente (aquele onde se têm de meter os líquidos) contendo os seus cremes e não um, mas DOIS batôns gloss cor-de-rosa da L'Oréal

Ainda as férias vão a meio e já me cruzei com estes 3 espécimes.

Só posso deduzir que este Verão promete.

quinta-feira, agosto 12, 2010

Selecção musical



Importante: ouvir até ao fim
Marianne Dashwood:
He stayed faithful to his first love you say?
I like that. That is as it should be.
For myself when I fall in love it will be forever.

Sir John Middleton:
Very proper. Very romantic.
And just what a young lady ought to think.

"Sense and sensibility", 2008
série da BBC

terça-feira, agosto 03, 2010

segunda-feira, agosto 02, 2010

"Feel good" song



"there's nothing but blue skies..."

segunda-feira, julho 26, 2010

sábado, julho 24, 2010

Chega uma altura na vida em que nos damos conta de que quer
queiramos quer não, os problemas vão encontrar-nos, quer estejamos
a andar a 40 ou a 100km/h.


Andar devagarinho, com pezinhos de lã a medir cada passo que se dá
só nos tira tempo, em que devíamos andar a velocidade de cruzeiro a fazer asneiras
e a curar as respectivas feridas.

E como diria o Michael Jackson, "that's bad".


(quer dizer, ele diria antes "I'm bad" mas vocês percebem aonde eu quero chegar)

sexta-feira, julho 23, 2010

Estou a ler uma sebenta com tantos erros ortográficos que até me ardem os olhos.

sábado, julho 17, 2010



E não é que ele tem razão?

sexta-feira, julho 16, 2010

Há palavras que doem sem se saber porquê.
Há palavras que doem fisicamente.

Há coisas que se sentem sem se dizer.
Há coisas que se dizem sem se sentir.

Há coisas que, para serem, têm de ser ditas.
Caso contrário, nunca serão realmente.


(Nota: nem tudo o que eu escrevo é autobiográfico, ok?
Vamos lá acalmar essas cabecinhas ;))



Voltei a ver isto

terça-feira, julho 13, 2010

Eu sou a favor de levar mais saúde a todas as pessoas, de chegar aos sítios mais inóspitos, de aproximar os médicos aos pacientes, vejo a urgência de maior e melhor informação de saúde para a população, mas isto já me parece ser demais.

Através de um talk show como a Oprah não me parece estarmos propriamente a ajudar, mas sim a descredibilizar a profissão de médico, ainda para mais apresentando um dito cirurgião que tem mais de modelo e de "entertainer" do que de profissional.
Posso estar a ser mentecapta, mas não consigo levar uma pessoa destas a sério, e o
verdadeiro perigo desta suposta "informação para todos" é o evento da auto-medicação,
que muitas vezes pode ser mais perigosa do que a própria doença, se não tivermos em conta todo o historial genético, medicamentoso, psicológico, social e profissional do paciente.

Para além deste talk-show, este cirurgião cardiotorácico tem também vídeos de cirurgias (eu descobri uma reconstrução da válvula mitral) no youtube, e faz também uma "tour" chamada "Highway to Health" (mais uma vez, um nome totalmente profissional e que incute imensa confiança) num autocarro, parando em várias terras, onde faz consultas personalizadas a quem queira lá ir. Tudo isto num estilo aparatoso, à boa maneira americana, em que as consultas são "amazing", e o cenário é "amazing", e tanto se descredibiliza o doente como o médico.

O obectivo da profissão médica deve ser tratar e não vender.
A passagem por um "talk show" da televisão generalista americana, inserida na cultura tablóide e exagerada desta população remete-nos logo para o segundo, relegando o principal objectivo da profissão para segundo plano.

Vejam por vocês mesmos aqui:

segunda-feira, julho 12, 2010



Sangue latino, o que é que se pode fazer? :P

domingo, julho 11, 2010

"Silêncio de paz rezada jaz no fundo dos atalhos"*

*Zeca Afonso

Coimbra, Julho 2010

quarta-feira, julho 07, 2010

Tenho cá para mim que há determinados sapatos em que mais valia andar simplesmente em bicos de pés.

(clicar para zoom)

quinta-feira, julho 01, 2010

Cuidados capilares e homens. Coisas que não combinam.


(tenho saudades do Chuck)

terça-feira, junho 29, 2010

A minha aldeia

(...)

Os homens da minha aldeia
divergem por natureza.
O mesmo sonho os separa,
a mesma fria certeza
os afasta e desampara,
rumorejante seara
onde se odeia em beleza.

Os homens da minha aldeia
formigam raivosamente
com os pés colados ao chão.
Nessa prisão permanente
cada qual é seu irmão.
Valência de fora e dentro
ligam tudo ao mesmo centro
numa inquebrável cadeia.
Longas raízes que imergem,
todos os homens convergem
no centro da minha aldeia.

António Gedeão

segunda-feira, junho 28, 2010

Eu não sei se já disse, mas a televisão cá em casa tem uma função basicamente decorativa.
Está lá, desligada, enquanto a vida passa por ela sem lhe dizer nada.
Hoje resolvi ligá-la, só para lhe tirar as teias de aranha.
Estavam a dissertar sobre o rabo de três senhoras no "Você na TV",
se eram muito descaídos e se tinham as coxas largas.
Assustei-me, desliguei, e a vida pôde voltar ao normal.

sexta-feira, junho 25, 2010

De um lado, dossiers cheios de papelada para estudar.
Do outro, o computador com acesso À internet e a toda uma panóplia de inutilidades.

Fossem todas as escolhas assim.
(claro que o computador ganhou)

quarta-feira, junho 23, 2010

O que é que se faz quando se está muito muito muito chateado e com vontade de espetar objectos cortantes nos olhos de uma qualquer pessoa aleatória?
Ajudem-me!

domingo, junho 20, 2010

Hoje deu-me saudades dos tempos em que os trabalhos para a escola
se escreviam a caneta, sublinhando o texto com outras canetas de diferentes cores,
e depois se deixavam espaços em branco entre o texto, onde depois se colariam
as imagens que ilustrariam o texto, que eram recortadas de outro lado qualquer,
e coladas com tubos de cola UHU ou aquela cola líquida que nos deixava as mãos peganhentas (e acreditem que era um sarilho para a tirar da roupa, depois).
Depois, para ficar com um ar mais apresentável, tirava-se fotocópia a essas folhas
de papel com texto e recortes de imagens, e entregava-se tudo com uma baguete e uma
capa e contracapa todas xpto que se compravam na papelaria da escola.
Tenho saudades desse tempo.

quarta-feira, junho 16, 2010

Só por causa das coisas

Ouçam este Tubo de Ensaio, dedicado ao Quim Barreiros
Obras na minha rua.
Porquê? Porque é um dia de semana, em época de exames
e não há melhor altura para se furar a estrada com berbequins
(a não ser ao Sábado às 8h da manha, claro).
Mas adiante.
Decido que vou ser mais forte do que as condições que se me impõem
e continuo a estudar de janela aberta para a rua enquanto ouço música no pc.
Ao fim de 30min, deixo de ser parva e começo a procurar pelos headphones
(que, por acaso, estavam no meu colo).
Sofia pões os phones e senta-se refastelada.
O berbequim pára.

Obrigada, universo, és um gajo porreiro.

sábado, junho 12, 2010



Pronto, depois disto já estou pronta para estudar, pelo menos, uns 200 fármacos.
Antes disso, queria aqui só deixar um aviso:

Não comais muitos iogurtes, porque podeis ganhar úrsulas no estômago!

(conselho daquela velhinha simpática da aula de psicológica)

PS. Está bom de se ver que todo o mal que vem ao mundo provém dos iogurtes. Especialmente dos magros.

sexta-feira, junho 11, 2010

On The Rocks - Bad Romance - 4/23/10



Para quem dizia que este blog andava muito low level

quinta-feira, junho 10, 2010

Tenho montes de papéis sublinhados e por sublinhar à minha frente,
tudo sobre células pequeninas que não vou voltar a ver na vida, e vontade
de os ler nula.
É caso para dizer : I'm going slightly mad!


segunda-feira, junho 07, 2010




E alugar um corpo para substituir o nosso quando queremos ir para a praia?
Mas que grande negócio!

Eu já tenho um em lista de espera.
Hands off this one!

sábado, junho 05, 2010

Porque é que os meus vizinhos decidiram antecipar os santos populares com música de rancho e sardinhas assadas all day long?
Não faço ideia, mas é giro.

sexta-feira, junho 04, 2010

Estava aqui a pensar:
imaginem uma pessoa que nasceu dia 20 de Março, e decide toda a sua vida
de acordo com as previsões do horóscopo, onde vai, com quem se dá, em que
ambiente se dá melhor, até a sua profissão.
E que no leito da morte descobre que afinal só foi registada meio ano depois.

Já viram o drama?
As novelas da TVI ainda não se lembraram disto?

Pronto, vou-me calar agora.

segunda-feira, maio 31, 2010

Tenho um novo vício.
Chama-se blogotheque e é um site onde temos milhares de concertos acústicos de várias bandas, mais e menos conhecidas. Muitas vezes improvisados (em elevadores, pelas ruas de Paris, em esplanadas de cafés ou no meio da multidão), com maior ou menor maestria,
mas o resultado quase nunca desilude.

Consultem aqui


E aqui vai uma amostra com o Jason Mraz

domingo, maio 30, 2010





Tanto dia, tanto mês, e o raio da
epoca de exames havia sempre de coincidir com o Verão!
Isso é crueldade, minha gente...

fotos: algures por Braga, num Domingo perto de si

sábado, maio 29, 2010



O facto de haver 3 jornais diários sobre futebol faz para mim tanto sentido
como haver 3 jornais diários sobre pólo equestre.

quinta-feira, maio 27, 2010

Caríssimos leitores:
sabem o que é o metodo palpatório de Guyon? E o de Glénard? E o de Goelet?
Se calhar não.
Mas de certeza que sabem compor uma sinfonia.
Não acreditam? Envão vejam aqui.


terça-feira, maio 25, 2010

Sentado no café cinzento
beberica o café ao compasso molhado
das bátegas que fustigam a janela na
qual repousa a cabeça.

À sua volta, velhos insones folheiam
tristemente as páginas cansadas do jornal.

Mal sabia a tinta dos cartuchos das impressoras
do Diário de Notícias que daí a horas estaria
a percorrer a circulação capilar dos dedos
do senhor António, que depois se levantaria
vagarosamente deixando tilintar as moedas manchadas de tinra
ao embater na mesa de vidro,
sendo recolhidas distraidamente pelo empregado de mesa,
que dispensa a de mais baixo valor para
a neta, que passeia os olhos curiosos por aquele
ambiente suspenso,
qual aquário de gente da manhã,
e terminando no líquido salivar das suas parótidas.


Ainda dizem que as notícias não correm depressa.

domingo, maio 23, 2010

Dos foguetes nas festas da terrinha

Sempre achei piada ao conceito de festejar os santos atirando foguetes ao ar.
Deve ser a ver se se acerta com um no olho de um deles.

quinta-feira, maio 20, 2010




Há músicas que acordam connosco e se deitam connosco

terça-feira, maio 18, 2010

Dúvida


Mais alguém acha aquela coisa das vuvuzelas uma estupidez pegada?
E se o mundial fosse em Portugal, punha-se toda a gente a tocar gaita de beiços?

segunda-feira, maio 17, 2010


Faz-me um bocadinho de impressão aqueles anúncios a métodos depilatórios em que uma pessoa sem ponta de pêlo nenhum se predispõe a retirar a coisa nenhuma que (não) lá está.
Quer dizer, eu sei que é um bocado inestético pôr uma perna ligeiramente peluda de mulher num anúncio, mas há alguma necessidade deste ridículo?
Se pusessem um homem com a barba de miúdo de 12 anos a fazer a barba, não seria absurdo?
Já não estamos na era em que os anúncios de limpeza e detergentes eram todos apresentados por mulheres, agora até elefantes o fazem, que é para contornar um bocado o choque que seria pôr um homem, na televisão, a limpar o chão de rabo para o ar.
Parece que somos todos muito evoluídos, mas afinal ainda custa mudar mentalidades...
Acho que era giro porem uma miúda macaca a depilar as pernas.
Pode ser aquele macaco do Jumbo até.

sexta-feira, maio 14, 2010

Aviso de post lamechas



"You touch my face
God whispers in my ear
There are tears in my eyes
Love replaces fear"










quinta-feira, maio 13, 2010

Entre o dia Nacional da Libertação dos Impostos e a visita do Papa,
eu cá tenho as minhas ideias de qual suscita mais entusiasmo.

terça-feira, maio 11, 2010

Pensamentos aleatórios

Os arrumadores de carros são maestros frustrados.

segunda-feira, maio 10, 2010

Entre...

1. Andar, de noite, a correr à chuva até ficar a escorrer água, quando o S. Pedro decide despejar o balde, enquanto se deseja ardentemente que fique sol
2. Na manhã seguinte, ao deitar, ficar tanto sol que nos impede de dormir com a claridade que está
e
3. Acordar 4 horas depois de nos termos deitado com o harmonioso som de um berbequim à porta de casa.

Digam lá se a minha vida não é espectacular?

sexta-feira, maio 07, 2010

Olá Universo [STOP], daqui fala a Sofia [STOP].
Eu sei que deves estar muito entretido aí com o interruptor[STOP],
mas pára lá de me trocar as voltas[STOP],
muita novidade numa semana dá cabo de mim[STOP].
Pede deferimento [STOP]

quarta-feira, maio 05, 2010

Sabemos que moramos numa casa de raparigas quando:

1. quando uma máquina se avaria, o arranjo resume-se a "Oh, desliga. Daqui a pouco já funciona outra vez.";

2. se ouve alguém a dizer "Vou sair, até logo". Sobe escadas, desce escadas, abre portas, fecha portas, fica a olhar para ontem, e 15 minutos depois sai;

3. não há pedaços de comida encravados na tijoleira do chão da cozinha.

sexta-feira, abril 30, 2010

Selecções musicais

E tudo em Português!



JP Simões numa versão da música "Inquietação", de José Mário Branco.
Ainda sobre o JP, recomenda-se o programa que apresenta na RTP2, "Quilómetro Zero", um programa "cujo conceito é divulgar músicos e bandas portuguesas no início de carreira"




O novo single dos Deolinda

E ainda sobre os Deolinda, recomenda-se também a audição atenta da música "Passou por mim e sorriu" no seu myspace http://www.myspace.com/deolindalisboa e ouvir a vocalista, Ana Bacalhau, a "cantar a tristeza sorrindo", que pouca gente o faz tão bem.

segunda-feira, abril 26, 2010

Dúvida

Vamos cá ver, a Nelly Furtado é canadiana, de ascendência portuguesa, e canta em espanhol.
Posto isto, se o André Sardet lançar um álbum em mandarim, devo achar estranho?

Médicos sem habilitações nas urgências

Que fixe, afinal não é preciso acabar o curso!

notícia aqui

domingo, abril 25, 2010

os raios de sol passam timidamente
por entre os rasgos do manto cinzento
de nuvens que vai cobrindo o céu

acariciam o dorso das gaivotas
que povoam o areal àquela hora tardia
do dia de verão
a hora em que o silêncio do mar cala as vozes
confusas de quem olha o mar
e se deixa ficar
feliz por ser pincelada do quadro

às 18 horas e 40 minutos daquela tarde,
do banco de pedra fria,
enquanto um sorriso, vindo não
se sabe de onde, se desenha a passos lentos
no seu rosto,
o universo reconstrói-se,
tal como ele é,
sem ideal nem esperança

quinta-feira, abril 22, 2010

Não sei o que é mais preocupante, chegar ao 3º ano de Medicina e não saber os confluentes da veia porta ou chegar ao 3º ano de Medicina e não saber quem são os meus colegas de curso.

terça-feira, abril 20, 2010

Eles dantes é que a sabiam toda




I was once like you are now, and I know that it's not easy,
To be calm when you've found something going on.
But take your time, think a lot,
Why, think of everything you've got.
For you will still be here tomorrow, but your dreams may not.


Cat Stevens

domingo, abril 18, 2010


Se formos a ver, é até bastante simples.
A única coisa de que preciso é de uma dupla (meaning sósia) para o dia 18 de Julho, que me faça tudo o que eu tiver para fazer em Coimbra neste dia, nomeadamente exames.
...
Então, todas ao mesmo tempo também não pode ser!


sexta-feira, abril 16, 2010

A quantidade de bagagem que se leva de fim-de-semana é inversamente proporcional ao ano de curso - facto.
Há tempos, bati o meu recorde com o bonito número de 0.
Deduzo portanto que todos os meus pertences estão distribuídos equitativamente entre Braga e Coimbra.
E isto, meus amigos, é poesia!

quarta-feira, abril 14, 2010

PARENTAL ADVISORY: this post contains strong language

Afinal o pessoal cá de baixo também fala mal quando assiste a jogos de futebol.

Mas enquanto no Norte se ouve o corriqueiro "Foda-se, caralho, puta que pariu esta merda" (que, se formos a ver, é uma frase com tudo o que deve ser, sujeito, predicado e complemento directo), aqui ficam-se pelo comedido "Foda-se" ou "qu'esta merda?", sendo
o seu uso geralmente alternado e não simultâneo.

sábado, abril 10, 2010

Miúdo de 10 anos - Sofia, diz-me mais piadas fixes.
- Era uma vez um gatinho chamado Tido. Ele dormia sempre num cesto na cozinha.
Um dia a dona foi buscá-lo e ele não estava lá. Que filme é que é?
- .... Não sei
- O sexto sentido! ("cesto sem tido", para quem não conhece a piada. E deviam ter vergonha, ela já tem barbas!)
- (silêncio)
- É um filme...
- Ah... (pouco convencido)
- E o Robocop, conheces?
- .... ... Isso dá na AXN?



Sinto-me velha.

quarta-feira, abril 07, 2010



everything it seems I like's
a little bit stronger
a little bit thicker
a little bit harmful for me



so please be kind if I'm a mess


"Cigarettes and chocolate milk", Rufus Wainwright

(imagem daí. algures.)

sábado, abril 03, 2010

Descobri hoje que, depois de se ter tentado tudo o que for possível na terapêutica do Parkinson, se deve passar à prescrição de apomorfina.

E o que é que a dita faz?
Pois segundo o prontuário:

7.4.3. Medicamentos usados na disfunção eréctil/ Apomorfina
Posologia: 2 a 3 mg, cerca de 20 minutos antes da actividade sexual. O comprimido deve ser colocado debaixo da língua, mantendo-o aí até à sua total dissolução.

Confuso?
Eu acho que não...

Os médicos são uns fofinhos é o que é!

quinta-feira, abril 01, 2010

terça-feira, março 30, 2010


Acho que isto é um lugar comum!

domingo, março 28, 2010

Então é assim: cheguei à conclusão que ainda aqui não falei do meu primo, que é o bicho de quem eu mais gosto neste planeta (se formos a contar com outro planeta, teria de incluir a anémona cor-de-rosa que vive em Marte, no terceiro regato a contar do ínicio, mas fico-me por este apenas).

Um destes dias, a personagem veio-me explicar como é que o homem-aranha vence o doutor octopus(?) no nível não-sei-das-quantas de um jogo qualquer (suponho que do homem-aranha?) de consola (agora que penso nisso,também podia ser um filme...).
Devo acrescentar antes de mais,que tudo isto sem eu lhe perguntar nada.
E o mais extraordinário é que, para o caso de eu não estar suficientemente esclarecida, junta a empenhadíssima (!!!) representação dramática da cena, e faz-me responder a perguntas sobre o dito assunto. Sempre acompanhadas daquele ar de "pobre coitada, ainda não deve ter conseguido entender a magnificência desta batalha cósmica".
É claro que eu já desenvolvi uma técnica para situações destas. Consiste na técnica mais rudimentar de se fingir prestar atenção a um assunto menos interessante do que a apanha da batata: apanhar uma palavra ou expressão a meio do discurso do outro e repeti-la em momentos alternados do discurso. No caso concreto, parece que o doutor octopus tinha um braço de ouro que o tornava invencível (até, claro, o homem-aranha o vencer).
Logo, foi possível que, após os esforçados esclarecimentos do miúdo, e algumas repetições da expressão "tentáculo de ouro"(ah pois é, são tentáculos e não braços) pela minha parte, a criatura se retirasse, convencida da reviravolta profunda que esta batalha efectuaria na minha percepção do mundo.
E eu, até agora, não consegui destrinçar o seu simbolismo.

sexta-feira, março 26, 2010

Há poucas coisas tão boas quanto chegar a casa depois de um dia looooooongo, apagar a luz, alaparmo-nos no sofá com uma manta por cima, e ver horas seguidas de televisão com alguém a afagar-nos o cabelo.
If this isn't happiness, it's very close to it.

quarta-feira, março 24, 2010

Tobias ou não Tobias? Eis a questão

Às vezes olho para a enfermaria e lembro-me disto:

"- Cure-me de sonhar, Doutor.
- Sonhar é uma cura.
- Um sonhadeiro anda por aí, por lonjuras e aventuras, sei lá fazendo o quê e com quem... Não haverá um remédio que anule o sonho?
(...)
Todos elogiam o sonho, que é o compensar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos.
- Sonhar só o faz ficar mais vivo.
- Para quê? Estou cansado de ficar vivo. Ficar vivo não é viver, Doutor."
Mia Couto

domingo, março 21, 2010

a cartoon a day


...keeps the bad mood away

http://pbfcomics.com

quarta-feira, março 17, 2010

Sous le ciel de Paris


À frente da ópera Garnier, Paris, Setembro 2009

terça-feira, março 16, 2010

Diz-me ela:
"Sabes porque é que tudo na região do períneo da mulher se chama pudendo?
Porque é como se se estivesse a perguntar: "estou pudendo entrar?"

(Silêncio)

Estás a escrever sobre mim?"

domingo, março 14, 2010



(via summerfinn.tumblr.com)

sábado, março 13, 2010


E porque já cheira a Primavera, hoje foi dia de Botânico, Mercado Quebra Costas e Docas para atingir uma boa dose de vitamina D.
Agora estou a pensar se hei-de fazer alguma coisa de útil.

quarta-feira, março 10, 2010

Há um conto de Vergílio Alberto Ferreira muito bonito, chamado "A Palavra Mágica", que pode ser lido na íntegra aqui.
A temática é muito simples, mas às vezes dá-me ideia que anda meio mundo às avessas por coisas como estas.
Sabem o que é isto?
Problemas
de
comunicação.


O que é um contra-senso na era da tecnologia...

quinta-feira, março 04, 2010

Dúvida existencial

Mas o que raio é que quer dizer "Às duas por três"?
É uma hora? Uma operação matemática? Uma táctica futebolística? Coordenadas da Batalha Naval?
Ou simplesmente não tem sentido?

domingo, fevereiro 28, 2010



Ai as saudades...

sexta-feira, fevereiro 26, 2010

E eu faço minhas as palavras dele

quinta-feira, fevereiro 25, 2010

Depois de saber o resultado da cirurgia, a minha avó, maravilhada, diz-me que tinha de pagar a promessa a Santa Luzia Milagrosa. Como eu já a estava a ver a subir uma qualquer escadaria de joelhos, ou outra actividade contra-indicada às artroses do género, disse-lhe que achava que não, que ela não se importava.
Mas ao vê-la relutante, acabei por concordar, que nisto da religião fui doutrinada a anuir com um sorriso, sem levantar grandes ondas, ainda para mais com a minha avó, católica desde berço e por defeito. Já eu, sou infiel por defeito (atenção: em termos de teologia, porque nas relações humanas até tendo a ser bastante fiel).
Digo que a minha avó é católica por defeito porque não foi ensinada a ler nem a escrever, e muito do que o padre diz não faz grande sentido para ela. Gosta, sim, das analogias que este usa, mas desde que o pároco tem vindo a ganhar o gosto pelo sangue de Deus, estas têm rareado, ao passo que as orações saem arrastadas.
É que, sabem, o padre da freguesia da minha avó é, por defeito, bêbado.

quarta-feira, fevereiro 24, 2010

A verdade é que eu ando realmente muito palavrosa estes dias.
foto: Estrasburgo, Fevereiro 2010


sábado, fevereiro 20, 2010


Switchfoot - dare you to move
Enviado por raenishabetty. - Videos de musica, clipes, entrevista das artistas, shows e muito mais.

Porque eu hoje estou nostálgica e também porque me disseram que devia ser menos cautelosa.

sexta-feira, fevereiro 19, 2010


E agora, por ordem do médico, é descansar muito e dormir bastante.
Vamos lá a ver se consigo, que isto ultimamente só tem faltado a comida dada à boca.

terça-feira, fevereiro 16, 2010

expressões que me enchem de urticária

1. Aquelas pessoas que, ao serem entrevistadas, respondem com um:
"Não há palavras."
Não há? IIIIIIIIH pois é, ainda há pouco estava o dicionário cheio delas e agora, olha! Varreram-se! Vamos ter de começar a falar por letras! Que aborrecido.
Palavras há sempre, vontade de as dizer ou perícia para as manipular é que não!
E se não nos contentarmos com as que há, inventa-se, como o Mia Couto.

2. Aquela febre que por aí andou na televisão onde toda a gente respondia com um
"Sem dúvida". De repente, foi uma invasão de pessoas cheias de certezas, nunca antes vista! E toda a gente sabe que pessoas sem dúvidas são pessoas que pensam de menos.

E pronto, era isto.

quarta-feira, fevereiro 10, 2010




E finalmente... férias!
Podem ser só 7 dias mas são muitíssimo benvindos!
Ah, a bela da inércia!

terça-feira, fevereiro 09, 2010

Tenho, na divisão acima de mim, um homem a martelar a parede, que é como se me estivesse a martelar a nuca a espaços ritmados de um segundo.
Ao meu lado, a Joana dorme como se nada fosse (que capacidade, meu deus!).
E agora, tenho de encontrar a disponibilidade para estudar.
Não está fácil.

sábado, fevereiro 06, 2010

Há duas formas de controlar as pessoas.
Primeiro, assustando-as;
segundo, desmoralizando-as.

Uma nação culta, saudável e confiante
é mais difícil de governar.
E certas pessoas acham melhor
não ter pessoas cultas, saudáveis e confiantes
porque lhes escapariam ao controle.

in "Sicko", de Michael Moore


Quero ir trabalhar para Inglaterra, bolas!

sexta-feira, fevereiro 05, 2010

Filmes

Where the wild things are
Fiquei desiludida. A única coisa boa do filme foi a representação do miúdo, que é uma coisa super fofa. De resto, achei fraquinho.

Mary and Max

Adorei. Vi duas vezes e rio-me sempre das mesmas expressões, da inocência da miúda de 8 anos e do homem de 40. A ver com moderação porque, apesar de ser um filme de animação, ainda tem umas partes emocionalmente muito fortes.
(Obrigada, Maf, pela recomendação)

Sicko
Ouvi falar bem dele e estou ansiosa por o ver, um filme que compara o sistema de saúde americano com o britânico, francês, entre outros. Para aprender um pouco mais.

quarta-feira, fevereiro 03, 2010



Estou neste momento a comer uma barra do chocolate Yorkie (supostamente só para rapazes) e a imaginar:

1) O que estará contido neste alimento para que não deva ser consumido pelo sexo feminino

2) Como será que o próprio alimento reconhece quem o consome, e se terá um alarme interno à espera de ser accionado à primeira dentada (pelos vistos, não)

Pois é, estou de férias.

Conversas

"- Laceração é com c curvo?
- Não, é com c recto..."

sexta-feira, janeiro 29, 2010

E agora, para algo completamente inutil...

http://www.inbflat.net/

Experimentem iniciar os vídeos por qualquer ordem, todos ao mesmo tempo, começar a metade do vídeo, como quiserem.

terça-feira, janeiro 26, 2010

Preciso neste momento de descarregar a raiva que tenho a pessoas irresponsáveis, crianças de 50 anos que não sabem arcar com as consequências do que fazem.Tudo bem que a vida lhes esteja a correr mal, tudo bem que a situação financeira não seja a mais favorável, mas não têm o direito de me culpar a MIM pela sua situação económica e pela sua má-gestão do que é seu. É uma falta de cultura, falta de educação, falta de civismo e falta de moral e discernimento culpar o próximo pelo que eu fiz a mim próprio. No fundo estou revoltada contra toda uma mentalidade do comprar a crédito (que alguem há-de arcar com as consequências- de preferência que não sejamos nós, que seja o país inteiro,quero lá saber, o que me importa é que me safo), do não pensar a longo prazo (mentalidade tão homem), da irresponsabilidade social e falta de noção do bem colectivo. O culto do chico-espertismo e da irresponsabilidade, e do esmagar os outros só porque sim,só porque posso. Um problema meu é um problema de todos! Não posso pensar só em mim se vivo em sociedade, e não hei-de ter ninguém a socorrer-me quando estiver em maus lençóis se não fizer nada por isso (mas que bela analogia que fiz ao sistema de saúde e ao funcionamento do estado, hã?).No dia em que o nosso país começar a pensar assim, talvez passemosa ter uma taxa de satisfação com os serviços de saúde de 70%, talvez a nossa qualidade de vida aumente, talvez o défice não tenha tanto adubo para crescer. Mas, para isso, minha gente, é preciso um sistema de ensino eficaz, não através de cursos de 75 horas, ou de diplomas obtidos a mais ou menos custo, mas através de um sistema justo e eficaz de avaliação, um sistema imparcial que nos permita ter as bases correctas para mudar a mentalidade de toda uma população.
Que nos permita uma solução final, porque, admitamos em abono da verdade, este país já está a transbordar de remendos.


E agora vou voltar, que a comida está a ficar fria.

segunda-feira, janeiro 25, 2010

Estado actual

Fácies: plectórica
Motivação: férias próximas e proposta de abrigo em casa de amigos, em plena Londres.
Passeios por Camden Town, a indispensável visita à Virgin de Picadilly, visitas grátis aos museus,
e um frio de congelar o cérebro, o que até é bom, porque nas férias dispensa-se raciocínio.
Posso só dizer que, na generalidade, estou bastante feliz! :)

quinta-feira, janeiro 21, 2010

Acabei de fazer xarope de cenoura, aquela receita que as nossas mães faziam quando tínhamos tosse.
Sinto-me bué dona de casa.

Se alguém souber de alguma coisa gira a passar-se em Londres no início de Fevereiro faça favor de propôr aqui à interessada. Aceitam-se (e agradecem-se) ideias.