quinta-feira, novembro 03, 2005


Ao mesmo tempo, do outro lado da cidade
Luís estava disposto a descobrir qual o valor da vida
Sempre lhe tinham dito que só percebemos o
verdadeiro valor das coisas quando as perdemos...

Queria sentir a dor.
Por uma vez sentir verdadeiramente
o sabor do sangue,
o sabor da carne
sentir o ser,
despedaçando-se ,
libertando-se ,
despedindo-se de si.

1 comentário:

sooz disse...

adorei o q escreveste.
bjo@