terça-feira, novembro 07, 2006


Os teus olhos cantam pra mim
Naquela manhã violeta
O ar é doce, de amora ( o amor que demora).
Estou limpa essa manhã.

Comigo
contigo
em nós
(corda fia, fina, seca, dura e dói)

As mãos no chão. Inspiro.

Que sentir é hoje?

Foto retirada de http://www.photoblog.be/photoblog.php?nickname=Jiglypuffa&action=view&id=1844129

1 comentário:

CatarinaCardoso disse...

Gosto imenso.
Tens aqui ideias que necessitam de interpretação pessoal e isso é óptimo e de muito valor. :)