quarta-feira, julho 01, 2009

A vida normalmente

Cinzento-branco.
Há um vazio que povoa o olhar de todos nós.
Esta angústia tem mil anos, está colada à nossa alma.
Há corações espezinhados pela dor de mil anos, asfixiando lentamente, eternamente.

Os gestos de todos os dias. A palavra ocasional. A cadência lenta dos dias iguais.

Há coisas que não se dizem. Sentem-se.

1 comentário:

alminha disse...

.___________________________.