sexta-feira, fevereiro 05, 2010

Filmes

Where the wild things are
Fiquei desiludida. A única coisa boa do filme foi a representação do miúdo, que é uma coisa super fofa. De resto, achei fraquinho.

Mary and Max

Adorei. Vi duas vezes e rio-me sempre das mesmas expressões, da inocência da miúda de 8 anos e do homem de 40. A ver com moderação porque, apesar de ser um filme de animação, ainda tem umas partes emocionalmente muito fortes.
(Obrigada, Maf, pela recomendação)

Sicko
Ouvi falar bem dele e estou ansiosa por o ver, um filme que compara o sistema de saúde americano com o britânico, francês, entre outros. Para aprender um pouco mais.

3 comentários:

Marquinhos disse...

Tenho de meter a batatinha pelo sicko, adorei e o chocante é a comparação com o sistema de saúde cubano. Esse sim é que faz impressão, é como a RDA. :P

blue.star disse...

Vocês na Madeira têm uma panca qualquer com as batatas, não é? :P Nunca tinha ouvido essa expressão*

Marquinhos disse...

Vendo bem nem eu a conhecia... Acho que a acabei de inventar! Lol Mas se tivermos panca e por semilhas... :P